Decoração de quarto de criança com Feng Shui
sexta, 10 de maio de 2019 Homify Margarida Barata JDias

’O Feng Shui é uma arte milenar chinesa, com mais de 3.500 anos, que determina o design mais favorável de um espaço, para equilibrar a energia e aumentar a harmonia do ambiente.

Esta arte tem evoluído e tem-se adaptado ao mundo ocidental e ao estilo de vida moderno, atualmente designando-se por Feng Shui Moderno.

O objetivo do Feng Shui é permitir um maior equilíbrio, entre duas polaridades – o yin e o yang – de forma a harmonizar os espaços.

As cores, texturas, formas e os materiais, têm impacto nos ambientes onde nos inserimos e, consequentemente, impacto no nosso conforto e bem-estar, proporcionando uma maior qualidade de vida e um melhoramento drástico na nossa saúde, trabalho e relacionamento com os outros.

Sendo assim, mudar a disposição da mobília ou a cor de uma divisão, através dos princípios do Feng Shui, poderá trazer benefícios para todos os moradores lá de casa.

Como decorar o quarto das crianças segundo esta técnica?

Decorar o quarto das crianças torna-se um grande desafio para os pais, sendo necessário criar uma atmosfera divertida e criativa, ao mesmo tempo que se promove o conforto e a tranquilidade, tão necessários para as crianças.

Foi por isso que decidi partilhar algumas sugestões para alcançar a harmonia tão desejada no quarto dos seus filhos:

12 Top sugestões de Feng Shui, para o quarto dos mais novos

1) Retirar telemóvel, aparelhos de WIFI, televisão, computador… É, sem dúvida, benéfico devido às ondas eletromagnéticas que passam a ser evitadas. Caso não seja possível remover estes objetos do quarto, desligá-los durante a noite, para promover um maior descanso;

2) Camas com gavetões são desaconselhadas, segundo o Feng Shui. A utilização de camas com pés, permite que o ar circule debaixo da cama. Caso não seja possível trocar de cama, utilizar as gavetas da mesma, para guardar objetos de uso frequente, como por exemplo, roupa de cama ou os brinquedos favoritos. Assim, a utilização frequente irá permitir a renovação do ar;

3) A cabeceira da cama, deverá estar encostada a uma parede e numa posição que permita a criança visualizar quem entra no quarto, conferindo à mesma uma maior segurança;

4) As cores a privilegiar num quarto de uma criança muito agitada, devem ser neutras e suaves, contrariamente a crianças mais apáticas, com quem se deverá utilizar cores vivas, de forma a estimular a energia da criança;

5) O quarto deverá ser arejado, no mínimo, durante 30 minutos/dia, para a renovação do ar;

6) Arrumar os brinquedos em caixas, para não estimular a brincadeira em períodos de repouso ou de estudo;

7) Escolher quadros ou fotografias com imagens alegres e positivas. Uma boa opção será expor alguns dos desenhos dos mais novos ou dos amigos mais próximos;

8) Evitar a utilização de espelhos nestes espaços, pois os mesmos amplificam as ondas eletromagnéticas, não promovendo um sono tranquilo;

9) Se possível, escolher mobiliário com cantos arredondados, pois para além de prevenir acidentes, reduz o fluxo de energia cortante, num local que se pretende tranquilo;

10) Em ambientes de repouso, como o quarto das crianças, o ideal é a utilização de iluminação amarela, pois proporciona uma sensação de relaxamento, contrariamente à iluminação branca, que desperta;

11) Deverá privilegiar-se a utilização de materiais naturais. As camas devem ser de madeira maciça, assim como os lençóis devem ser de algodão, proporcionando conforto neste espaço;

12) Nos quartos onde dormem duas ou mais crianças, deverá existir um espaço reservado à identidade de cada uma delas, ou seja, cada cama ou mesa de cabeceira deverá ter uma identidade própria, promovendo a individualidade de cada criança.’

 

Por: Vanda Boavida –  Professora e Consultora Internacional de Feng Shui

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais