Ideias geniais para fazer garrafeiras em sua casa
sábado, 20 de novembro de 2021 Homify Ida Gaspar JDias

Como arrumar as melhores garrafas de vinho?

Onde arrumar o vinho?

Como beber o vinho? 

Como conservar o vinho?

Afinal há muitas questões importantes e que fazem a diferença para uma simples garrafa de vinho. Não precisa de ser um grande apreciador para ficar curioso com as dicas do artigo de hoje, basta gostar de ter tudo bem arrumado e sobretudo saber beber e servir. 

Não é um bicho de sete cabeças vai ver. Até vai gostar de saber, por isso, convidamo-lo a acompanhar-nos com ou sem um copo de vinho. Já sabe, deve beber com moderação!

 

Dicas sobre a arrumação do vinho: o que deve ou não fazer?

Existem vários tipos de suportes para armazenar as garrafas de vinho: armários de madeira, ferro, pedra, argila ou plástico e até numa camada de areia. 

Mas será que todos estes suportes são certos e permitem uma boa conservação do vinho? Vamos falar sobre cada um deles: 

→ Suporte de madeira: esta é uma  solução ideal para armazenar as suas garrafas de vinho, o contacto da madeira não interfere na qualidade do produto.

Os preferidos são em forma de favo de mel, que permitem arrumar corretamente cada garrafa. Os modelos de garrafeiras em estante sobrepõem-se facilmente e são práticos de mover. Podem ser colocados na parede ou no centro da adega.

→ Suporte de ferro: este não tem efeito na temperatura e na humidade, mas tem um efeito perigoso no que toca às vibrações.

→ Arrumação de plástico: são de longe os mais caros e não ocupam quase espaço. O problema é que eles estragam-se muito rapidamente. 

→ Em camadas de areia: são ótimos contra as vibrações, as diferenças de temperatura e a humidade. O problema é que não se podem armazenar muitas garrafas de vinho.  

Se quiser criar uma garrafeira na cave, há diversas possibilidades de preços, tudo depende do que pretende, das condições e do espaço. Por exemplo, o preço de garrafeiras pré-fabricadas varia entre 5.000 e os 76.000 €, conforme o tamanho da adega e, portanto, da capacidade. O mais caro pode acomodar até 6.000 garrafas contra 600 a 800 € para primeiros preços.

Se não tiver a possibilidade de criar uma adega na sua cave, existem modelos de móveis pré-fabricados que pode colocar onde quiser em sua casa, como este modelo português acima apresentado. 

Onde arrumar o vinho?

Onde deve arrumar o vinho dependerá da sua casa e sobretudo do espaço que dispõe. Mesmo que tenha uma adega em casa, pode armazenar algumas garrafas na sala ou na cozinha. 

Regra geral, gostamos sempre de ter algumas garrafas de vinho à mostra, como se estas integrassem a decoração do espaço, da qual nos orgulhamos. Fica bem, não acha?

Hoje em dia, há designs de cozinha que têm prateleiras próprias para colocar o vinho, como deve ser. Mas se não tiver, há suportes giros e designs no mercado. Até refrigeradores de vinho que mantêm logo o vinho à boa temperatura.

Além disso, pode criar uma garrafeira no vão das escadas, criar uma parede de vinhos na cozinha, dentro de um móvel, em suportes de garrafas suspensos à parede ou para colocar em cima de um móvel… Há imensas possibilidades.

No entanto, se não quiser comprar e preferir construir a sua própria garrafeira, passamos de seguida a algumas ideias. 

Garrafeiras em madeira

Como vimos, a cozinha é das divisões onde se mais frequentemente se encontra um móvel garrafeira. Se vai contruir uma cozinha nova, contrate já um arquiteto de interiores e veja este artigo para ter uma noção do custo da mesma.

As garrafeiras de parede são as mais comuns, onde se colocam as garrafas de vinho na horizontal e se prefere você mesmo pôr mãos à obra, nós damos os passos de como fazer uma garrafeira.

Não tem que ser um acessório sem estilo, pois existem garrafeiras modernas que farão toda a diferença na decoração da sua casa!

Como criar DIY para arrumar as garrafas de vinho?

Seja criativo e faça você mesmo! Estas são as nossas sugestões DIY, não hesite em procurar tutoriais para construí-las:

• Porta garrafa para colocar em cima da mesa. 

• Garrafeira feita com latas de conserva. Deve abrir a lata dos dois lados, pode pintá-las na cor que quiser, juntá-las e colá-las. A quantidade fica ao seu critério.

• Prateleira na parede. Esta pode ser feita com paletes, mas também com pequenos troncos de madeira que ficam espaçados, permitindo deitar as garrafas separadamente. 

Como arrumar as suas garrafas?

Não é preciso ser um é sommelier ou enólogo para ser um apreciador de vinho e ter alguns cuidados para o conservar. Da próxima vez que arrumar as suas garrafas de vinho, lembre-se destas dicas e ponhas-as em prática: 

 As garrafas de vinho:

- devem ser mantidas deitadas, o fundo da garrafa para dentro;

- nunca deve tocar ao fundo da parede.

-  uma garrafa é colocada com o rótulo para cima, para ser facilmente vista, sem ser manipulada.

 Inclinação das garrafas de vinho:

certifique-se de que a inclinação da garrafa fica em contacto com o vinho e a cortiça.

Esta posição impedirá que a rolha fique seca e não deixará entrar o ar, limitando ainda o contacto com a luz e facilitando a leitura dos rótulos.

→ As outras garrafas:

as garrafas de vinho do Porto, de vinhos suaves naturais, os licores e aguardentes deverão ser conservadas em pé ao contrário das garrafas de vinho.

→ Organize o vinho por categorias em linhas horizontais: 

os melhores vinhos serão colocados idealmente em cima. Os rosés e vermelhos leves no meio, brancos que precisam de mais frescura do que vermelhos, porque a temperatura é mais fresca na parte de baixo que em cima, serão colocados abaixo.

→ Não sobreponha garrafas de vinho uma contra as outras:

deve manter uma boa ventilação entre as garrafas e prateleiras, não se esqueça. São detalhes como estes que permitem uma melhor conservação do vinho, logo uma melhor qualidade e sabor.

VAMOS COMEÇAR

Como conservar o vinho?

Conservar o vinho tem também os seus truques, nomeadamente quando o conservamos por longos períodos. Por isso, as garrafas de vinho devem ser mantidas no escuro, idealmente, a uma temperatura de cerca de 13 ° C, num espaço que não sofre tremores ou vibrações. Uma temperatura mais elevada pode fazer evoluir o vinho demasiado rápido. 

Mantenha a humidade do espaço entre os 65 a 75%, sendo que estes valores são ideais para a conservação do vinho. Mais baixo, pode secar as rolhas e já não protegem o vinho. Se for mais elevado, os rótulos ficam danificados e prolifera fungos. Além disso, cuide da ventilação da adega. 

Cuidado para não colocar na garrafeira nenhum produto prejudicial ou com cheiro forte. De facto, o vinho é uma substância em evolução que respira através da sua rolha e qualquer cheiro pode alterar o gosto do vinho.  

Outro ponto que deve considerar é o factor da iluminação, uma luz muito forte pode danificar o vinho, especialmente o branco. Opte por uma iluminação mínima, uma lâmpada é suficiente.

A que temperatura deve beber o vinho?

• Os vinhos tintos são bebidos entre 17 ° C e 18 ° C;

• Os vinhos brancos secos são bebidos entre 9 ° C e 11 ° C;

• Os vinhos brancos mais fortes são bebidos entre 11 ° C e 14 ° C; 

• Os vinhos brancos mais doces são bebidos entre 10 ° C e 13 ° C;

• O champanhe é bebido entre 7 ° C e 9 ° C para um aperitivo e entre 12 ° C e 14 ° C para uma garrafa de prestígio.

Mantenha um livro de vinhos

Se possui uma grande garrafeira, faça um inventário de todas as suas garrafas. Sob a forma de um caderno escrito à mão ou num arquivo no computador, fica ao seu critério. Nesse documento manual ou digital deve especificar:

- o nome do vinho;

- a sua região (região vinícola ou país);

- o ano de colheita;

- o número de garrafas que possui;

- a sua posição na adega de cada garrafa de vinho.

Para os apreciares do vinho, existe na Internet vários softwares para gerir a sua garrafeira. É só procurar, fazer download e inserir os dados. Bom trabalho! 

(Vai ver que até irá sentir uma pitada de orgulho!)

Onde procurar ajuda?

Se precisar de ajuda para construir uma adega ou criar uma garrafeira especial para a sua casa pode sempre contactar um carpinteiro ou um marceneiro, por exemplo. No caso de incluir a sua garrafeira na cozinha, um designer de cozinha será o profissional mais indicado para lhe encontrar a solução ideal ao seu espaço. 

Quanto custa uma garrafeira?

Esta é uma questão muito relativa, pois tudo depende do intuito, do tamanho ou material da sua garrafeira. Se no entanto, não dispõe de um grande orçamento basta pôr em prática o DIY ou comprar um modelo pré-feito no comércio.

E agora já sabe como saborear um vinho como deve ser! Acompanhe-o com um bom queijo português ou uns bons grelhados de churrasqueira! Boa degustação… :)

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais