Materiais para usar na sua bancada de cozinha
sábado, 28 de março de 2020 Homify Elisabete Figueiredo JDias

A cozinha é um espaço em permanente mudança. Fruto da intensa e dura utilização a que costuma ser sujeita, a cozinha é, a par com a casa de banho, o sítio que mais se danifica e que acaba por exigir remodelações mais frequentes.

Na homify sabemos disso e estamos sempre a par das novidades em termos de materiais. E de estéticas, porque não? Se é para melhorar vamos fazê-lo em todos os aspectos que envolvem cada espaço! De que vale ter uma cozinha prática se é feia ou, pelo menos, se a imagem não está ao nosso gosto?

Actualmente as opções são inúmeras, desde as paredes aos pavimentos, mas um dos aspectos mais intensamente ponderados são os materiais para a bancada da cozinha. O motivo é simples – esta superfície ampla e lisa vai ser sujeita a tudo que a pode danificar e vai estar sempre em exposição permanente sendo, muitas vezes, o elemento que mais chama a atenção no espaço.

A escolha do material para a bancada é um ponto crucial no design de uma cozinha e, por isso, hoje damos-lhe ideias inovadoras ou clássicas, com características diferentes onde se pode inspirar. Não perca!

Compostos de quartzo

Muitas vezes chamados de Silestone, ou por outro qualquer nome comercial, os compostos de quartzo são, neste momento, uma opção de grande valia para uma bancada de cozinha.

Esta pedra é moldável, o que permite um grande leque de designs e aplicações, aparece com vários tipos de acabamentos, não é porosa, tem uma permeabilidade muito baixa e proporciona um tom bem uniforme em toda a superfície mas, na realidade, não é pedra.

Os compostos de quartzo são fabricados com uma mistura específica de pó de quartzo e resina, o que acaba por ditar a sua maior desvantagem: – não suporta temperaturas altas! Isto implica um cuidado extra com panelas e outros materiais quentes sobre a bancada, pois esta pode ficar definitivamente danificada.

Granito

Granito é uma pedra clássica e é, ainda hoje, uma das escolhas mais comuns nas cozinhas portuguesas. Tem várias origens e essas ditam, muitas vezes, a sua tonalidade.

Se pensa que o granito apenas tem aquele aspecto mesclado em tons de cinzento e preto, vai gostar de saber que também há granito natural rosado, amarelado e quase totalmente preto. Nas suas muitas variedades é possível encontrar aquela que se adapta bem ao estilo da sua cozinha.

A grande vantagem do granito está na sua resistência e facilidade de manutenção, e acaba por ser uma opção com uma boa relação custo benefício.

Madeira

A madeira é uma opção extremamente estética, mas algo complicada para uma bancada de cozinha. No geral, a madeira é porosa e mesmo com um tratamento específico, dadas as condições de humidade deste tipo de espaços, acaba por sofrer danos rapidamente.

Actualmente há vários tipos de materiais com acabamentos esteticamente semelhantes aos da madeira, mas muito mais resistentes. Pode ainda guardar a madeira para os armários e optar por outro material para a bancada. No entanto, se não resiste ao apelo da madeira natural na bancada, opte por uma madeira muito resistente, como a de teca, por exemplo.

Mármore

O mármore também é uma opção clássica e ainda figura em várias bancadas nas cozinhas por esse país fora, mas pode não ser a melhor opção para si, sobretudo se faz um uso intensivo da sua cozinha. O mármore é poroso, muito frágil a impactos e, sobretudo, extremamente sensível ao contacto com ácidos. Um pequeno derrame de vinagre, por exemplo, pode arruinar toda a estética da sua bancada.

Os materiais tecnologicamente mais avançados oferecem a possibilidade de ter a estética do mármore com toda a resistência com que foram criados.

O mármore acrescenta o tom intemporal numa cozinha moderna e ajuda a criar uma imagem maravilhosa, contemporânea com apontamentos retro!

Corian

Corian é o nome comercial para um composto sintético fabricado a partir de resina acrílica e hidróxido de alumínio. É um material inovador que permite designs arrojados e contínuos, sem junções aparentes e, por isso, é um favorito dos designers de cozinhas.

Além da uniformidade que proporciona, este material é também muito resistente, sendo óptimo para criar cozinhas com utilização intensa e cheias de estilo. Como desvantagem aparece o preço, que ainda é bastante elevado, embora isso possa variar muito com o fornecedor.

Nano glass ou Glass stone

São materiais elaborados a partir de resina sintética e pós de vidro. São ainda pouco divulgados no nosso país e, por isso, bastante caros. Ainda assim, estes materiais sintéticos oferecem características técnicas de excelência e acabamentos perfeitos, apreciados sobretudo pela alta resistência e pelo brilho incomparável.

Outros materiais

Terminamos este artigo com um ponto que deixa em aberto este assunto em permanente mudança. Há vários outros materiais utilizados para construir a bancada de cozinha, como o aço inoxidável, mais associado a cozinhas industriais, o porcelanato, o microcimento ou mesmo a cerâmica, com pouca resistência a impactos.

Antes de escolher o material certo para a bancada da sua cozinha, pense bem sobre o estilo que pretende e avalie a intensidade da utilização da cozinha e, só depois, avance para uma escolha ponderada.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais