Sofás chaise longue para qualquer decoração!
sexta, 15 de janeiro de 2021 Homify Elisabete Figueiredo JDias

O sofá é aquele móvel que nunca (mesmo nunca) pode faltar numa sala de estar! Podemos ter um sofá no quarto, no hall de entrada e até na cozinha, mas, se não tivermos, isso não é um constrangimento de maior porque nestes espaços podemos prescindir do conforto e do aconchego desta peça. Mas na sala de estar isso é impossível. Como relaxar, ver televisão, ler um livro ou simplesmente conversar sem o aconchego de um sofá? Quem é que quer chegar a casa cansado, vestir o pijama e relaxar numa cadeira dura e desconfortável? Nós atrevemo-nos mesmo a dizer que a sala de estar é o sofá e o resto são complementos à sua função!

Por isso mesmo, a escolha do sofá é um assunto delicado, que deve ser pensado e ponderado para que o resultado seja o melhor, em termos de conforto e de estética.

Neste contexto, os sofás chaise longue têm ganho muito protagonismo, representando essa noção de conforto indulgente que queremos ter na sala de estar. Eles permitem sentar, reclinar e até deitar com espaço, mesmo nos modelos mais pequenos e isso tem sido um factor crucial para o seu sucesso, no entanto, o seu volume imponente pode colocar alguns entraves em espaços mais pequenos.

Hoje falamos de sofás chaise longue, e vamos apontar vantagens e desvantagens dos muitos modelos em vários contextos. Se está a planear a compra do seu próximo sofá e está inclinado para este modelo não pode perder!

1 – Foco no preço

Há uma ideia quase generalizada de que este tipo de sofás é caro, mas a realidade é que há muitos modelos de sofás chaise longue baratos. Consegue encontrar modelos nas grandes superfícies de comércio de mobiliário a preços bastante atraentes. Sem apostar em alturas de saldos, consegue comprar sofás chaise longue de 3 lugares por valores à volta de 500 euros!

Não vamos aqui discutir materiais ou construção, pois obviamente a qualidade a baixo preço pode não ser a melhor, mas a verdade é que em termos de estética há peças baratas com imagens simples e muito interessantes. Depois cabe-lhe a si construir um cenário que valorize os pontos fracos do seu sofá barato e disfarce as imperfeições que um eventual fraco acabamento ponha em evidência.

Se o seu orçamento o compeliu a comprar um sofá com chaise longue barato complemente-o com peças mais chamativas ou mais ricas, se for possível. Uma mesa de centro e um tapete chamativos vão concentrar as atenções, desviando-as dos detalhes do sofá.

Se pretender escolher um sofá chaise longue económico saiba que deve investir ainda mais tempo e concentração na busca pelo móvel perfeito porque o risco de comprar um sofá pouco confortável para si aumenta neste caso. Com algum tempo e paciência vai encontrar aquilo que procura num sofá com chaise longue em termos de conforto, sem comprometer a sua carteira.

2 – Os vários modelos

Há tantos modelos de sofás chaise longue como de mentes criativas para idealizar o seu design. Mas para efeitos generalistas podemos apontar o sofá chaise longue na lateral, descendente directo das chaise longues originais, e o sofá de canto, com a estética mais conhecida actualmente. A escolha do modelo vai depender do seu gosto e do seu espaço, uma vez que a área ocupada por cada modelo é diferente, mas é comum acreditar que o sofá de canto permite uma ocupação mais fácil e completa da área disponível na sua sala de estar. Este modelo proporciona normalmente o melhor rácio de espaço de assento em função da área ocupada, no entanto, também pode tornar-se demasiado volumoso em espaços acanhados. Seja qual for a sua opção, tenha atenção ao equilíbrio entre a área ocupada e a área livre para obter um ambiente elegante e equilibrado.

3 – Conjugando estilos

Os sofás chaise longue costumam ser conotados com o estilo moderno contemporâneo, embora isso não reflicta a realidade, como veremos mais à frente. Mas os sofás chaise longue modernos, sobretudo em cores neutras, podem ser facilmente conjugados com peças de várias origens para formar conjuntos coesos dos mais variados estilos.

4 – Elegância total numa peça de destaque

O sofá chaise longue pode facilmente ser uma peça de destaque que estabelece todo o estilo de uma sala, se essa for a sua vontade. Se investir num móvel de design arrojado e presença marcante ele vai assumir o protagonismo e será sempre factor de criação desse ar acolhedor que se pretende numa sala, além de testemunhar o bom gosto do seu proprietário. Obviamente este caminho traz custos mas será sempre um investimento de futuro, porque com um bom design normalmente vem uma boa construção e uma boa qualidade dos materiais.

5 – Facetas funcionais

A estrutura dos sofás chaise longue, pelas suas dimensões e pela força que muitas vezes têm de suportar, permite a inclusão de facetas funcionais que os sofás mais simples não permitem tão facilmente. É assim que nascem os sofás chaise longue com cama ou com área de arrumação sob os assentos.

Os sofás chaise longue com cama são uma opção extremamente atraente para quem gosta de receber hóspedes em casa temporariamente, mas não tem um quarto dedicado exclusivamente para eles.

6 – Os materiais

Os materiais não serão um problema para encontrar sofás com espreguiçadeira. Consegue encontrá-los nas mais variadas composições, desde o veludo até à pele, passando pela pele artificial ou verdadeira, no entanto os sofás chaise longue de tecido são os mais comuns. Esta predominância pelos tecidos resistentes naturais ou artificiais deve-se ao carácter comunitário destes sofás: – são móveis pensados para acomodar várias pessoas, normalmente a família, inclusivamente as crianças, e isso enfatiza a necessidade de funcionalidade e resistência para potenciar a durabilidade.

7 – Liberdade total – os modulares

Os sofás modulares vieram dar a possibilidade de adaptação total do seu sofá com chaise longue a qualquer espaço. Se costuma mudar de casa com frequência ou apenas gosta de mudar a imagem da sua sala de tempos a tempos, este tipo de sofás compostos por módulos unitários que em conjunto formam um sofá chaise longue é a solução ideal.

8 – A importância da cor

A escolha da cor para um móvel tão imponente e volumoso acarreta algum risco, uma vez que a mudança de opinião sobre a escolha da cor original pode acarretar a compra de um sofá novo. Por isso, se não tem a certeza de que vai manter-se fiel ao estilo criado, opte por um sofá de cor neutra ou mesmo branco. Pode sempre vir a personalizá-lo com almofadas ou com capas para sofás chaise longue em outras cores e padrões sempre que lhe apetecer sem ter que comprar um novo. E actualmente já há capas super giras a preços razoáveis, com um grau de elasticidade que permite uma adaptação total.

9 – Apostando na exclusividade

O cenário criado por dois sofás chaise longue mostra todo o potencial do conceito. O privilégio de nos reclinarmos em sofás de veludo a olhar o mar não tem preço!

10 – Versatilidade

Se não tem a certeza sobre o impacto que o sofá terá no espaço, opte por cores claras. Esta via é bastante segura e permite-lhe mais liberdade de adaptação a qualquer estilo. Tanto num ambiente de inspiração retro e escandinava como numa sala minimalista, onde não pode faltar o conforto.

11 – Chaise longue para todos – alternativas

Se pretende um sofá totalmente adaptado a si e ao espaço que tem disponível, com todas as condições de conforto que os seus momentos de ócio pedem, esta é a melhor ideia. Poderá ser um pouco mais caro (o que é bom paga-se bem), mas será exclusivamente seu. Inspire-se!

12 – O efeito de um design que faz a diferença

Este é realmente um sofá com chaise longue diferente, mas não deixa de entrar nas características daquilo que define este tipo de sofás. Adoramos que tenha lugar para três pessoas sentadas e uma em posição reclinada, para uma família irreverente e diferente.

13 – Os estilos

Já lhe falámos dos sofás chaise longue modernos, de linhas modernas no sofá foram acrescentadas em estilo pela adição de botões capitoné, que lhe conferem um tom muito mais retro e clássico.

14 – Uma composição simples mas muito eficaz

Três lugares de assento, mas o estilo ganha asas, não só devido ao design, mas também ao material de textura vincada do seu estofado.

15 – Mesmo quando o espaço é pouco

Um sofá chaise longue pode ser, literalmente, encaixado num espaço estreito sem que isso implique perder a sensação espacial, desde que seja bem complementado.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais