Combinações de cores para espaços pequenos
sábado, 04 de abril de 2020 Homify Sílvia Cardoso JDias

Quando se decora um espaço, há uma panóplia de factores a ter em conta. Para além do mobiliário e dos acessórios de decoração, entre os quais incluímos os têxteis como, por exemplo, as cortinas e as carpetes (se for o caso), importa fazer as melhores escolhas no que toca às cores. Nos espaços pequenos, sobretudo, as cores têm um enorme impacto e podem fazer com que o ambiente pareça muito maior do que realmente é. Outras cores há que são ideais para dar ênfase ao lado aconchegante desses mesmos espaços.

Neste livro de ideias, propomos-lhe algumas combinações de cores que deve considerar para as divisões pequenas.

Acompanhe-nos e escolha as suas cores preferidas.

Azul marinho e branco

Há a ideia errada de que um espaço pequeno tem, necessariamente, de ser pintado com cores claras. Apesar de as cores claras serem, por norma, uma boa escolha para áreas desta natureza, não quer dizer que não se possa ir para além delas. O azul marinho, é uma cor que traz enorme aconchego ao ambiente. Sobre um fundo escuro, destacam-se os móveis claros, que surge como uma lufada de ar fresco.

Azul ou verde claro com brancos e tons cremosos

O azul e o verde claro mesclados com uma decoração cremosa ou em tons de branco são uma óptima opção para espaços pouco amplos. Apesar de, na origem, serem tons clássicos, também lhes está associado um certo imaginário que nos transporta para a serenidade de uma casa de praia. Aproveitamos para chamar a sua atenção para a iluminação sem a qual uma cor não se faz. Optimize ao máximo a luz natural do espaço em questão e valorize-o com pontos de luz artificial.

Cinza com apontamentos coloridos

O cinza pode ser uma cor algo aborrecida, por isso, escolha um tom que tenha alguma luminosidade. É uma cor que flutua conforme a altura do dia, por isso, parece-nos uma escolha interessante. Para lhe dar vida insira tons alegres através da decoração: almofadas, pufes, velas, jarras, e assim por diante.

Tons blush

Os tons blush (entre o rosa e o salmão) acrescentam aconchego e uma nota diferenciadora aos espaços sem os saturar. São, por isso, uma boa escolha para ambientes pequenos. Para uma decoração mais suave e romântica, pode combiná-los com cores neutras e dourados, mas, se quiser tornar as áreas mais sofisticadas, pode conjugar estes tons com cinza, preto ou verde seco.

Vermelho a criar um statement

O vermelho não é especialmente versátil, pelo que não é muito comum encontrarmos projectos nos quais seja utilizado como cor protagonista. Contudo, pode criar um ponto focal no ambiente beneficiando da luz natural que entra.

Bege, amarelo e branco

O amarelo é uma das cores mais alegres que há, mas é raro encontrá-lo em projectos de decoração, talvez por ser algo ousado. Se gosta da cor, mas não sabe como pode usá-la, então deixamos-lhe uma sugestão: combine-a com bege e branco para criar um espaço com vitalidade e personalidade. No quarto, por exemplo, o amarelo pode aparecer nas almofadas, naquela mantinha que sabe – e fica – tão bem aos pés da cama ou até no mobiliário.

Inspire-se na Primavera para levar o amarelo para a sua casa!

Tons neutros

Terminamos com as cores neutras que, tal como o preto na roupa, nunca comprometem. Se visitar uma loja que comercialize tintas, perceberá, ao consultar os catálogos, que há uma miríade de alternativas ao branco puro: o marfim, o jasmim, o camélia, o casca de ovo, entre outros. Estas tonalidades garantem a simplicidade e a abertura espacial dos espaços mas, ao mesmo tempo, afastam-se do tal branco puro que é mais banal, para poder usar tons neutros para tornar as divisões arejadas mas, ao mesmo tempo, muito confortáveis.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais