Móveis espelhados: os seus aliados para uma decoração mais elegante!
sexta, 09 de novembro de 2018 Homify Sílvia Cardoso JDias

Costuma estar atento às tendências? Se sim, então já terá reparado que os móveis espelhados estão entre elas. Cómodas, mesas de centro, mesas de cabeceira, consolas, toucadores… há peças de mobiliário e de decoração espelhadas para todos os gostos e recantos da casa.

Os móveis espelhados sobressaem pela elegância e pela leveza e luminosidade que emprestam aos espaços. Uma sala de estar ganha, de imediato, um novo élan com uma mesa de centro espelhada e um quarto de casal sai enriquecido com uma cómoda do mesmo género.

Se é apreciador desta tendência revivalista – sim, porque os móveis espelhados foram um êxito nos loucos anos ’20 e nos anos 30 – então este artigo é para si. Se, por outro lado, nunca tinha considerado esta opção decorativa, então quer-nos parecer que se vai apaixonar pela ideia.

Conseguimos aguçar-lhe a curiosidade? Venha saber mais!

​1. As vantagens dos móveis espelhados

Será que os móveis espelhados se adequam a todos os ambientes? Quais são as melhores características destas peças? Antes de comprar seja o que for, pondere as vantagens e as desvantagens. Comecemos pelas primeiras:

1.Valor estético: são peças que se evidenciam pelo refinamento que proporcionam aos ambientes. Um espaço, por mais simples que seja, eleva-se e moderniza-se com a incorporação de um móvel espelhado. É uma excelente forma de dinamizar a decoração sem ter que lhe mexer profundamente.

2.Versatilidade: os móveis espelhados harmonizam-se com espaços de estilos distintos. Assentam como uma luva a ambientes modernos e clássicos, mas também podem ser usados em atmosferas rústicas. Neste último caso, a superfície do móvel pode ser tratada de forma a parecer envelhecida.

3.Oferece profundidade aos espaços: o vidro e os espelhos, como reflectem o que se lhes defronta, proporcionam profundidade aos espaços, pelo que são uma mais-valia em divisões por natureza exíguas, como halls de entrada, e em qualquer outra área pequena.

4.Não sobrecarregam a decoração: ainda em relação à questão do espaço, lembramos que os móveis espelhados ficam como que camuflados na decoração. Neste sentido, são uma boa opção para ambientes pequenos ou com muitas coisas que não se queiram sobrecarregar ainda mais. 

5.São seguros: embora as superfícies lhe possam parecer frágeis, não tem com o que se preocupar. Os móveis espelhados são sujeitos a um tratamento especial que os torna duráveis e fiáveis para uso diário. Assim, resistem a impactos. Além do mais, não absorvem odores, não ganham bolor e podem durar uma vida com o aspecto original.

​2. As desvantagens dos móveis espelhados

1.Sujam-se facilmente: a principal desvantagem do vidro é evidente. O material suja-se facilmente. Entre dedadas e pó, por mais fina que seja a camada, a limpeza tem que ser quase diária, sobretudo em casas com muitas pessoas, entre elas crianças. Porém, tudo depende do tipo de móvel espelhado. Uma mesa de centro ou de cabeceira tem, à partida, mais uso do que uma consola na entrada. Avalie o uso que vai dar à peça e as suas circunstâncias pessoais (se tem filhos, animais domésticos, etc.) antes de comprar mobiliário espelhado.

2.Preço elevado: os móveis espelhados são, por norma, caros. Se quiser muito um móvel espelhado, mas o orçamento não permitir, pode procurar em lojas de segunda mão, em leilões on-line ou arregaçar as mangas e espelhar um móvel normal. Enverede por esta última opção se tiver jeito para este tipo de actividades e não se esqueça de proteger convenientemente os seus olhos e mãos. Nada de cortes!

5. Que profissionais me podem ser úteis?

Na homify, reunimos uma vasta lista de profissionais que percorrem áreas distintas. Se procura referências de empresas de mobiliário portuguesas, então faça uma pesquisa no nosso separador de mobiliário e acessórios. Para construir à medida, pode entrar em contacto com carpinteiros e se pretende restaurar, consulte os profissionais de restauro e renovação. Precisa de ideias para decorar o seu espaço? Poderá ser oportuno, ver os trabalhos dos decoradores e designers de interiores registados na homify. Não há como ter a ajuda de um profissional para nos ajudar a escolher cores, peças de decoração e, claro está, móveis.

3. Como limpar móveis espelhados?

Como lhe dizíamos, os móveis espelhados têm como principal desvantagem o facto de se sujarem facilmente.

Pode limpá-los de várias formas:

Para limpar apenas uma fina camada de pó, basta passar sobre as superfícies um pano macio para não as riscar. Se, por outro lado, tiver que remover dedadas ou outras manchas, então pode usar produtos para espelhos comprados no supermercado ou soluções caseiras. Para limpar, pode usar um pano próprio para vidros (os de microfibra são bons) ou o velho truque da folha de jornal.

As soluções caseiras mais conhecidas e eficazes para limpar vidros são as seguintes:

1.Misture água e vinagre em proporções iguais num borrifador. Agite bem e limpe normalmente.

2.Se esta solução não servir e precisar de uma mais eficiente, então misture os seguintes ingredientes: ¼ de xícara de vinagre branco ou de cidra, ¼ de xícara de álcool isopropílico; 1 colher de sopa de maisena (para diminuir as marcas da limpeza) e 8 a 10 colheres de um óleo essencial (de limão, lavanda ou laranja, por exemplo).

3.Tratando-se de um móvel espelhado antigo que tenha algum tipo de odor desagradável, experimente misturar 1-2 colheres de chá de detergente de louça com 4 colheres de sopa de sumo de limão e ½ xícara de vinagre branco. As soluções de limão e vinagre são muito usadas para a limpeza de interiores com excelentes resultados. Há, até, quem limpe espelhos e vidros apenas com vinagre e a folha de jornal.

Nota: não borrife as superfícies directamente com o produto que utilizar. Borrife o pano e depois limpe normalmente.

​​4. Localização e dicas de uso

Ao incorporar os móveis espelhados num espaço, tenha em atenção alguns pontos:

1.As superfícies do móvel reflectirão a luz existente no espaço, pelo que deve colocá-lo de forma a que ele beneficie desta luz e a projecte subtilmente para o ambiente, criando reflexos interessantes e uma atmosfera  dinâmica. Não é aconselhável colocar um móvel espelhado num ponto onde o sol bata directamente durante o dia. Pode tornar-se desagradável.

2.Um móvel espelhado pequeno não deve surgir a meio do caminho sob pena de provocar acidentes em casa. O mesmo se aplica aos de vidro ou acrílico.

3.Os móveis espelhados não são ideais para casas com crianças pequenas que, por norma, querem mexer e tocar em tudo. Pode, no entanto, colocar numa divisão da casa onde as crianças não vão ou onde passem menos tempo. Se limpar o móvel diariamente não for uma chatice para si, então este não é um inconveniente.

4.Não tenha mais do que uma ou duas peças espelhadas em cada divisão. A ideia é criar um ponto focal e não sobrecarregar a o espaço. Menos é mais. Também nisto.

5.Mantenha os seus móveis espelhados limpos para conseguir o efeito desejado e evite arrastar coisas sobre a superfície dos mesmos para evitar riscos e outras marcas.

6.Os móveis espelhados são mais comuns nos quartos e nas salas de estar. No quarto, um móvel espelhado é o elemento perfeito para valorizar a decoração, tornando-a mais glamourosa. Além do mais, é um espaço de repouso por excelência, pelo que se torna essencial criar uma atmosfera tranquila. As peças espelhadas podem ajudar a criar essa atmosfera elegante e serena. É na sala de estar que passamos uma boa parte do tempo. Importa, assim, que o espaço seja relaxante, mas, ao mesmo tempo, bonito - aos seus olhos e, já agora, aos olhos das suas visitas! Uma mesa de centro ou uma sideboard espelhada cumprirá o propósito.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais