Saiba como pode criar a sua casa de banho rústica!
sexta, 23 de fevereiro de 2018 Homify Elisabete Figueiredo Jdias

O estilo rústico… Não lhe conseguimos resistir! Seja na sala, no quarto ou na casa de banho este estilo produz sempre ambiente robustos e acolhedores, que nos envolvem num abraço quente.

Baseando-se na utilização de materiais naturais, com grande predominância da madeira e da pedra, o estilo rústico busca uma aproximação às origens simples dos ambientes domésticos de antigamente, e tem por isso um apelo estético quase primitivo que o torna muito atraente.

Sonha todos os dias em ter uma casa de banho rústica, como a daquele turismo rural que adorou? Já não suporta a frieza das linhas geométricas puras da sua casa de banho moderna? Então vai amar este artigo!

Aqui vai perceber as bases necessárias para criar uma casa de banho rústica de raiz, aprender a dar um toque rústico à sua casa de banho moderna, e descobrir quanto isso lhe pode custar, entre muitas outras informações. Não perca!

Como se define o estilo rústico

O dicionário da língua portuguesa define rústico como simples, rude e grosseiro, referindo-se a algo tosco, mal acabado, pouco trabalhado e pouco polido. Por isto, porque a vida no campo geralmente não permite perder tempo ou dinheiro em lapidações e embelezamentos muito cuidados, a palavra rustico passou a associar-se ao ambiente rural, e por inerência às suas artes e saberes simples, mas muito eficazes.

Na decoração, atualmente, o conceito de rústico não foge muito à definição no dicionário, englobando um estilo simples, estreitamente ligado aos materiais naturais e a acabamentos de aparência intencionalmente menos perfeita. A estética rústica acaba por ser uma homenagem à própria natureza, que criou os materiais, e à beleza de uma vida simples, despojada e despretensiosa, mas que não perde o encanto e o conforto.

Mas então em que materiais posso basear a construção e a decoração de uma casa de banho para que esta gane o estilo rústico? A resposta vem já a seguir!

A madeira

A madeira é um material fundamental, sem o qual dificilmente se pode considerar qualquer estilo como rústico.

A utilização da madeira, a par da pedra, remonta aos primórdios da humanidade. Ela era material de construção de base para as habitações, tanto como para os utensílios de uso diário. Mesas e cadeiras, malgas e gamelas, colheres de pau e espátulas… Muito antes do plástico, a madeira estava por todo o lado em objetos de uso diário, rudemente talhados no material.

Mas os trabalhos de carpintaria e marcenaria evoluíram muito ao longo dos milénios, até aos dias de hoje, o que levou a que a madeira fosse progressivamente mais trabalhada, polida e limada, afastando-se do seu aspeto inicial, que o estilo rústico da idade moderna tenta recuperar.

Assim, a madeira para uma casa de banho rústica deve ter textura e cor natural. Deve mostrar os veios e os nós que são o coração da árvore de onde saiu. Se está a planear uma casa de banho rústica aposte em madeira para revestimento, como na da foto acima.

Nas paredes, no chão ou até mesmo no teto, a madeira de aspeto pouco polido vai proporcionar o aspeto desejado, mas se prefere ambientes mais leves aposte nos acessórios e móveis de madeira tosca para completar o conjunto. Qualquer madeira é boa, pois as mais modernas técnicas permitem dar-lhe o look pretendido, mas é fundamental que seja madeira maciça, pois os novos materiais, mesmo que imitem bem, têm sempre um acabamento demasiado refinado.

A pedra

À semelhança da madeira, a pedra está para o estilo rústico como o cimento para o moderno – é perfeita.

Nas casas rústicas este efeito é geralmente fácil de obter, pois faz parte da própria construção e basta deixar a estrutura à vista. Mas incluir pedra numa casa de banho mais nova pode não ser muito fácil, sobretudo se for numa casa de construção moderna, pois a pedra deve ser natural e ter textura, o que a pode tornar um pouco pesada. E também não deve formar padrões de geometria demasiado linear, pois fica apenas de mau gosto. Então que fazer?

Atualmente existe no mercado uma vasta panóplia de pedra para revestimento em placas que lhe podem proporcionar o aspeto rústico da imagem acima: – são finas para serem mais leves, de um lado são lisas para se poderem assentar mais facilmente e do outro têm todo o aspeto da pedra original, com boa textura e todos os minerais à vista.

Se revestir todas as paredes da casa de banho com pedra lhe parece excessivo opte por revestir apenas uma secção. Pode também incluir apenas alguns elementos em pedra, como emoldurar um espelho, fazer uma parede de destaque ou instalar uma pia de lavatório em pedra.

O tijolo à vista

Qualquer elemento ou material com um acabamento tosco e pouco uniforme é considerado um trabalho rústico e pode ser integrado neste conceito. É assim que o tijolo, muito relacionado com o estilo industrial, encontra lugar numa casa de banho rústica!

Deve ser tijolo de barro cozido e artesanal, com as suas variações naturais de cor, textura e formato, a formar a forrar uma ou mais paredes. E à semelhança da madeira e da pedra, se já fizer parte da construção antiga da casa ainda melhor, pois fica com todo o aspeto de trabalho genuíno.

Combine tijolo rústico com madeira e elementos antigos para conseguir um cenário fabuloso.

Madeira e pedra

Tendo em conta os materiais mais utilizados no estilo rústico as combinações são simples e funcionam bem! A junção da madeira com qualquer outro material rústico funciona sempre.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais